Cânhamo, na culinária

As folhas e as sementes de Cânhamo são particularmente ricas em ácidos gordos nomeadamente,ômega-3, ômega-6, ômega-9. O miolo das suas sementes tem vindo a ser ser usado, graças ao seu valor alto nutritivo,  na produção de barras energéticas e cereais matinais, pois para além dos ácidos gordos tem também cerca de cerca de 35% de proteínas, . As sementes também podem ser consumidas puras, tostadas e aromatizadas, da mesma forma como as sementes de girassol ou de abóbora.

 

Comente

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *