Noz Moscada, especiaria

A Noz Moscada, não se tem dados precisos sobre quando se começou a difundir como Especiaria, não se sabendo se ela era um condimento usado na época egípcia e grega. Certa vez, Plínio fez a descrição de uma planta chamada na época de “comacum”, que poderia ser a atual Noz Moscada.

O certo é que, em meados do século VI (6), ela era comprada dos árabes via Constantinopla. Um poema escrito em 1195, por Petrus D’Edulo, conta como ela foi usada como incenso antes da coroação do imperador Henrique IV (4º), em Roma. Outros ainda descreviam seu uso em banquetes nobres como rica especiaria.

 

Comente

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *