Floresta, boas práticas II

Utilize, sempre que possível, sementeiras forrageiras de baixo porte e de pasto permanente nas entre linhas, mesmo que não tenha gado, se não for logo na primeira temporada, elas acabaram por cobrir a totalidade da superfície, e por isso impedir o crescimento de ervas daninhas, com uma outra vantagem, quando as árvores estiverem de tamanho adequado pode alugar o terreno para pastoreio e assim conseguir aumentar a fertilização do solo por via do “adubo” que os animais vão deixando.

 

[relacionados tag=floresta]

Adicionar a favoritos link permanente.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *