Amoreira, como plantar

A Amoreira, apesar de ser uma planta originária de climas, tropical e sub tropical quente, adapta-se aos climas temperados e por ser caducifolia ou de folha caduca, tolera até invernos com algum rigor, até mesmo com temperaturas negativas. Gosta de muita exposição solar e meia sombra nos climas mais quentes. As necessidades de água são medianas. Aceita e cresce em qualquer solo de com pH próximo ao neutro, mas prefere os solos férteis, úmidos e profundos. A sua propagação faz-se por mudas ou estacas e a distância entre plantas e entre linhas, poderá ser de entre seis a nove metros dependendo do adensamento pretendido e ou a fertilidade dos solos. Novas técnicas usam  plantação em linha ao invés do pomar tradicional.

 

 

Comente

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *