Magnólia, curiosidade

A Magnólia, para além de nos surpreender todos os anos com o espetáculo de beleza que é a sua floração e que apenas por tal já tem a admiração que quase todos.

Ainda tem a capacidade de nos espantar, pelas suas imensas propriedades terapêuticas, que não são muitas as que ficam de fora e a utilização quer das suas flores como das suas folhas têm propriedades tão distintas como: é adstringente, anti-séptica, antibacteriana, antiespasmódica, anti parasitaria, anti virótica, aromática, carminativa, digestiva, diurética, estimulante, febrífuga ou antipirética, hipertensora, relaxante muscular, sedativa e também tônica.

Comente

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *