Mandioca, a lenda

A Mandioca, segundo reza a lendo do povo ‘Tupi’, na região onde hoje se encontra nas imediações de Santarém (PA),  morava a filha de um chefe indígena local, que certo dia apareceu grávida, sem se saber quem era o pai da criança. O chefe quis matar a filha para recuperar a sua honra mas, um pouco antes de executar a sentença, um homem branco surgiu num seu sonho e o convenceu da inocência da filha. O menino que nasceu, era diferente, de pele branca e muito esperto, recebeu o nome de Mani. Mas, sem que nada o fizesse prever, a criança morreu com um ano de idade, sendo enterrada, conforme era tradição, dentro da casa da família. E do seu túmulo brotou uma planta até então nunca vista. Um certo dia, a terra em volta da planta se abriu, revelando as suas raízes, que foram comparadas ao próprio corpo de Mani. Os índios, então, aprenderam a domesticar a planta e passaram a usá-la como alimento.

 

[relacionados tag=mandioca]

Add a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *