Anethum graveolens (Endro), origem botânica

Esta erva aromática vem sendo usada desde tempos remotos, como remédio caseiro, pelos Egípcios e Romanos. Pensa-se que seja oriunda da Ásia e que foi trazida para a Europa na Idade Média pelos Mongois e a partir daí se espalhou um pouco por todo o mundo.

É uma planta, muitas vezes confundida com o funcho, porque o seu aroma e aspecto são mesmo muito semelhantes. Pode atingir em fase adulta 1 m de altura e dos seus caules saem folhas pinuladas. As suas flores são amarelas de formato pequeno e formam umbelas grandes de onde saem as suas sementes. A planta é ainda rica em óleos essenciais.

Comente

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *