Papoula ou Papoila, poderoso analgésico

A Papoula ou Papoila, produz na sua resina, um poderoso analgésico, muito comum e que é chamado de ‘Morfina’, extraido do ópio por processos de síntese, foi usado durante séculos, nos dias de hoje, no entanto, a sua utilização é cada vez mais reduzida e só utilizada em casos extremos, como por exemplo, em doentes terminais com câncer (cancro), pois sendo um poderoso analgésico e sedativo, é também altamente viciante e tem sido ‘banida’ de uma forma geral, do uso regular, pois o risco de que os pacientes tratados com morfina se tornarem tóxico dependentes é muito elevado, dai o seu uso estar reduzido aos doentes terminais.
 
 

Papoula, contra indicações e efeitos secundários

A Papoula ou Papoila, no que a contra indicações e efeitos secundários ou colaterais, têm que ser divididos em duas partes.
Em primeiro, a resina da Papoula (Papoila) Branca e seus derivados (o ópio, a morfina e a heroína), são contra indicados em todas as utilizações, sem acompanhamento médico especializado e mesmo nessas situações com extremo cuidado, pois um dos efeitos secundários ou colaterais é que são altamente viciantes, narcóticos e soníferos, mas também podem induzir um efeito ‘inebriante’, em que quem os toma se julga ‘todo poderoso’, perdendo um dos mais princípios base da nossa sobrevivência que é o ‘medo’, que nos protege de pôr em risco a nossa vida.
Em segundo, as sementes, neste caso não faz diferença a variedade, pois os efeitos acima descritos não são passados para as sementes, pelo que, neste caso, não se pode sequer falar bem de uma contra indicação, mas antes um cuidado, pois para as pessoas que seguem uma dieta pobre em gordura, pelo alto teor de óleo contido nas sementes. Não sendo conhecidos quaisquer outras recomendações.