A Laranja, para além do escorbuto, que hoje em dia quase não tem expressão como doença, e para o qual foi durante longos tempos o