Giesta, origem botânica

OLYMPUS DIGITAL CAMERANão se conhece ao certo a origem da giesta, mas sabe-se contudo que é comum em Portugal, Espanha e Ilhas canárias. A planta cresce no estado selvagem e pode atingir 3 m de altura. Os seus ramos são verdes, finos e flexíveis e muitas vezes usados para fazer ataduras e até vassouras. As suas flores amarelas exalam um forte odor e aparecem na Primavera e Verão. Existe ainda uma espécie de giesta com flor branca mais rara em cultivo.

A planta cresce espontaneamente e multiplica-se através de sementes, mas quando isolada embeleza qualquer jardim. Excelente para conter a erosão, é usada muitas vezes plantada com esse fim.

A giesta é rica em alcaloides, pelo que deve ser afastada das crianças pela toxicidade que possui.

 

Comente

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *