Genciana das boticas, origem botânica

A genciana das boticas teve origem na Europa central e desenvolve-se com facilidade em prados dos solos montanhosos, onde o terreno é rico em cálcio.

A planta crece até 1,20 m de altura e produz flores amarelas em forma de espiga, durante a época de verão. As raízes são fortes e muito ricas em alcalóides amargos e taninos, utilizados com frequência para aliviar a má digestão. Existe ainda uma espécie de genciana do Tibete, que é utilizada na medicina tradicional chinesa para tratar problemas do fígado.

 

Comente

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *