Ervas Aromáticas, como conservar

Por vezes compramos ervas aromáticas frescas, para uma determinada receita e não sabemos o que fazer com o que sobra e deixamos que deteriorem, mas há uma forma simples de as preservar sem que elas percam sabor e ou escureçam, a receita é simples.

Como deve fazer, comece com azeite e ou manteiga, mas tb pode usar outras gorduras, se usar a mistura aqueça um pouco para homogeneizar a mistura.

Pode usar as ervas que lhe sobraram ou ervas que morram no inverno para que as tenha sempre frescas. Eu pessoalmente acho que caso as tenha no seu jardim faça este processo apenas para as que não resistem ao frio, pois a outras terá frescas todo o ano.

  1. Pode escolher picar as ervas ou deixa-las inteiras, conforme as use habitualmente.
  2. Coloque num tabuleiro liso ou para fazer gelo (cubos), cheio até 2 terços com a erva ou mistura de ervas, não tem regras, para além do seu gosto.
  3. As ervas a usar na mistura, podem ser as que usa normalmente e ou aquelas misturas para as receitas especiais.
  4. Verta o azeite, se possível extra-virgem de oliva e ou a manteiga sobre as ervas.
  5. se usar uma caixa rasa tape, no caso dos tabuleiros de gelo cubra com película transparente.
  6. Se usar os tabuleiros para fazer gelo, remova os cubos congelados e guarde em caixas ou em sacos e mantenha no congelador. As gorduras são muito fáceis de cortar mesmo congeladas. O tabuleiro direito dará mais cubos.
  7. Para que não se engane coloque etiquetas ou use os marcadores próprios no saco ou caixa com o tipo de erva e óleo (ou mistura) que utilizou.
  8. Use nas receitas que mais goste e ou todas conforme a quantidade que tenha feito, se utilizar a dica do ponto 1, misture ervas frescas com os cubos para a fazer a mistura que mais gosta.

Comente

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *