Aspérula-odorífera, origem botânica

Esta planta é muito comum e existe um pouco por todas as florestas, desde o Irão até à Sibéria.

As raízes da planta expandem-se com imensa facilidade edificilmente os seus talos ultrapassam os 30 cm. A planta floresce em maio com bonitas flores brancas e é por isso denominada por “flor de Maio” em várias línguas. Quando se colocam as flores a secar, apresentam um aroma intenso, pelo alto teor de cumarina existente na planta. A Aspérula-odorífera é ainda rica em vitamina C, taninos e alcalóides. Existe outra variedade chamada de aspérula taurina, também designada por “Torino meier”, com um aroma ainda mais intenso do que a Aspérula-odorífera.

Adicionar a favoritos link permanente.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *